Carlos, O Chacal Sem categoria

Carreira de sucesso. Édgar Ramirez filma ao lado de Robert De Niro

Édgar Ramirez interpreta Carlos

Édgar Ramirez interpreta Carlos

Nesta sexta (29) à 01h35 tem a última parte da história do terrorista mais procurado do século XX, CARLOS, O CHACAL.

O interprete de Carlos, Édgar Ramírez, começou a sua carreira de ator em 2003 na Colombia. Antes de atuar na produção franco-alemã, o galã já havia feito o papel de um assassino no longa “O Ultimato Bourne”. Édgar protagonizou o vilão Paz, que persegue James Bourne.

Recentemente o venezuelano estreou no filme norte-americano “Joy: O Nome do Sucesso”, Ramírez foi escolhido para atuar como Tony Miranne, ex-marido de Joy interpretada por Jennifer Lawrence. Bradley Cooper e Robert De Niro também compuseram o elenco do filme de David O. Russell.

Robert De Niro e Édgar embarcaram em mais uma produção juntos, o filme “Punhos de Aço” conta a vida e história do ex-boxista  Roberto Duran e seu treinador Ray Arcel.

 

Confira a sinopse de CARLOS, O CHACAL desta sexta (29) à 01h35.

 

Sexta / 01h35

Agora em diante, Carlos se tornou um mercenário e é contratado pelos países que mais dão dinheiro, incluindo primeiramente Iraque e Síria. Ele focou na missão de ficar atrás da grande Cortina de Ferro, se movimentando entre Budapeste e Leste de Berlim, sobre proteção do Stasi. Ele trabalha com remanescentes da Célula Revolucionária, em particular Jahannes Weinrich e sua mulher, Magdalena Kopp, a qual deixa o filho de Weinrich para Carlos.

Carlos fica agora em Budapeste sobre proteção da Síria e lá promove ligações com vários clientes interessados em suas capacidades, entre eles Nicolae Ceauses da Romênia e Líbia. Carlos está agora focado em uma intensa atividade focada na desestabilização geopolítica. Ele agora trafica armas, assim faz pilhas de dinheiro, que guia a vida do “Poderoso Chefeão do terrorismo Europeu”. Mas tudo isso logo acaba. Sua decadência está ligada com as mudanças da ordem do mundo. Com a queda do Muro de Berlin, em Novembro de 1989, ele perde grande parte do seu suporte, e é obrigado a deixar a Siria. Assim, sua área de tráfico cai bruscamente. O último lugar a oferecer abrigo é o Sudão. Carlos se aposenta, mas é perseguido por serviços secretos de vários países, por ter sido abandonado pelos seus aliados, desde os grandes centros políticos do mundo. Seu cargo de jogar com o mercado não tem mais sucesso. Ele é deixado de lado e observa as mudanças do mundo a distância. Com a ajuda do governo Sudanê e com doenças que o impede de  se movimentar, Carlos é capturado em 14 de Agosto de 1994. Assim, ele é trazido a Paris para julgamento de seus crimes.

 

HD onde disponível

Horário de Brasília

Deixe o seu comentário

Veja aqui a programação da TV